Segurança é principal preocupação dos projetos de IoT

https://network-king.net/wp-content/uploads/2022/06/shutterstock_1334760140-769x404.jpg

Quais são as barreiras encontradas tanto por aqueles que estão implantando soluções de Internet das Coisas (IoT) quanto por os que pretender seguir esse caminho no futuro? Essa pergunta foi feita pela Kaleido Intelligence, empresa que atua no setor de inteligência de mercado e consultoria de conectividade, a mais de 750 profissionais envolvidos com o cenário de IoT em uma pesquisa que explorou os fatores mais importantes relacionados à conectividade.

Os tópicos abordados na pesquisa incluíram gestão de projetos de IoT, suas principais preocupações e o que é exigido dos provedores de serviços de IoT. Também foi examinado os elementos que levam à adoção de tecnologias, como eSIM e redes 5G privadas.

Os principais achados da pesquisa foram:

  • As implantações de IoT baseadas em redes de celular continuam gerando preocupação nas empresas, com questões persistentes sobre segurança e disponibilidade de serviços.
  • A segurança de ponta a ponta foi a preocupação número 1 apontado por aqueles que estão implantando soluções de IoT atualmente e que pensam fazer isso no futuro.
  • Os entrevistados consideram muito importante manter soluções multinacionais protegidas contra restrições de roaming.
  • Quase todos os entrevistados esperam que os provedores de conectividade ofereçam alguma forma de segurança, sendo que mais da metade busca opções avançadas, como restrições de IP, detecção de pico de tráfego, portas não configuradas e muito mais.
  • Design e suporte de hardware são vistos como os maiores desafio por quem ainda não adotou a tecnologia.
  • Soluções específicas para verticais são cada vez mais procuradas.

“Conectividade é um alicerce fundamental para que seja possível gerar valor a partir das soluções IoT, mas geralmente é fonte de problemas em projetos que não são dimensionados adequadamente. Essa pesquisa teve por objetivo revelar os principais pontos problemáticos na conectividade enfrentados pelas empresas e como uma combinação de conhecimento e educação do setor pode ajudá-las a se concentrarem em maximizar o valor gerados pelos dados nas soluções de IoT”, afirma Steffen Sorrell, líder de pesquisa da Kaleido Intelligence.

Outros desafios

Além da segurança, as empresas enfrentam outros desafios em suas iniciativas para implantar soluções IoT. Muitas buscam maior eficiência de custo e sustentabilidade ambiental, segundo revelou uma pesquisa da Inmarsat, fornecedora de conectividade via satélite.

Mais da metade (54%) dos entrevistados afirmou que eficiência de custo é o principal fator por trás da adoção de tecnologias de IoT, seguida por sustentabilidade ambiental e melhor visibilidade sobre suas cadeias de suprimentos (ambos, com 48%). No entanto, muitas organizações continuam enfrentando barreiras importantes em suas implantações de IoT, sendo que a falta de habilidades internas e de conectividade confiável na fase de implantação (37% e 24%, respectivamente).

“Os ganhos de eficiência e economia de custos que a IoT pode oferecer, além dos enormes benefícios ambientais, mostra claramente porque muitas empresas estão buscando soluções de IoT. No entanto, para alcançar os melhores benefícios, é preciso garantir a presença de todos os conjuntos de habilidades e requisitos de conectividade adequados”, afirma Mike Carter, presidente da Inmarsat Enterprise. A pesquisa mostrou que organizações que enfrentam dificuldades para implementar as estratégias de conectividade corretas estão atrasadas em relação aos seus pares, e aquelas com uma estratégia formal de IoT estão em melhor posição para colher os benefícios de operações otimizadas e mais sustentáveis.

FacebookTwitterLinkedIn