Paessler PRTG Enterprise Monitor versus Broadcom DX NetOps

https://network-king.net/wp-content/uploads/2022/09/modern-technology-concept-picture-id1353030399-769x414.jpg

Existem muitas ferramentas de monitoramento de rede disponíveis hoje. Neste artigo, vamos comparar dois candidatos notáveis: Paessler PRTG Enterprise Monitor e Broadcom DX NetOps.

Ao longo dos anos, com o desenvolvimento contínuo das instalações de rede, as ferramentas de gerenciamento de desempenho de rede têm sido amplamente utilizadas. Especialmente agora que os provedores de serviços e clientes costumam assinar um Acordo de Nível de Serviço (SLA). Nesse contrato, geralmente são definidos padrões e obrigações correspondentes que o prestador de serviço é obrigado a cumprir, incluindo muitos aspectos específicos: qualidade, disponibilidade e responsabilidade, por exemplo. Portanto, é mais necessário que os provedores de serviços adotem ferramentas de monitoramento de rede adequadas para auxiliá-los no cumprimento integral das obrigações estipuladas no contrato de SLA.

Estes são os aspectos que analisamos, para que você possa fazer sua escolha:

Instalação e implantação, principais características, apresentação e design de interface, estruturas de custos e atendimento ao cliente

Comparação entre Paessler PRTG Enterprise Monitor e Broadcom DX NetOps

A Paessler tem se concentrado no desenvolvimento de ferramentas de monitoramento de rede desde a década de 1990. Está constantemente iterando e lançando uma série de produtos e serviços ao longo dos anos. O PRTG Enterprise Monitor é o seu produto mais poderoso e profissional.

A Broadcom é uma empresa global mais conhecida por seus negócios de semicondutores. Também têm uma extensa linha de produtos em software, incluindo uma variedade de ferramentas de monitoramento de rede. O DX NetOps é o mais recente deles.

Instalação e implantação

Embora o PRTG Enterprise Monitor tenha sido projetado inicialmente para sistemas Windows, também existem produtos e serviços PRTG completos disponíveis para ambientes Linux. O desempenho ideal de monitoramento de rede pode ser alcançado mesmo em uma rede onde os servidores Windows e Linux estejam misturados.

Se as condições permitirem, a prática recomendada é usar um servidor Windows separado para instalar o servidor PRTG. O ambiente de instalação requer o .NET Framework 4.7.2 ou posterior, e a versão do sistema Windows pode ser Windows Server 2022, Windows Server 2019, Windows Server 2016, Windows Server 2012 R2 ou Windows 11. O PRTG Enterprise Monitor também pode ser executado em um ambiente virtual, contanto que você tenha um identificador de segurança exclusivo do Windows por sistema.

O processo de instalação do PRTG Enterprise Monitor é simples e tranquilo, o PRTG fornece automaticamente o recurso de “configuração inteligente” para auxiliar em uma nova instalação. Este assistente de configuração é amigável e fácil de usar, fornecendo orientação durante o processo de instalação.

Já o Broadcom DX NetOps só pode ser instalado em um ambiente Linux e suporta apenas algumas das principais distribuições Linux: Red Hat Enterprise Linux 8.x, 7.3 e superior; Oracle Linux 7.3 e superior; SUSE Linux Enterprise Server 12 SP2/3/4/5, openSUSE 42.3; CentOS 8.x, 7.3 e superior.

Uma implantação bem-sucedida do DX NetOps Performance Management requer a instalação manual de quatro partes: o Portal NetOps, o repositório, o agregador e os coletores de dados. Durante o processo de instalação, você precisa digitar os comandos apropriados na linha de comando do Linux, incluindo definir uma senha personalizada do MySQL, etc. Isso pode ser difícil para usuários não familiarizados com o sistema operacional Linux.

Feito isso, você também precisará instalar outras ferramentas relacionadas, se necesssário, de maneira semelhante, incluindo Sistema de Recuperação de Desastres, DX NetOps Mediation Manager, NetOps Kafka, Log Analytics for Insights e assim por diante.

Principais características

PRTG Enterprise Monitor

Para pequenas e médias empresas, equipes iniciantes ou projetos de Internet de grande escala, o PRTG fornece uma solução completa. Com a ajuda de mais de 10 soluções técnicas, como envio de e-mails, push de celular, avisos sonoros e envio de solicitações HTTP, você não precisa se preocupar em não receber notificações de alerta. É possível receber mensagens de texto SMS ou notificações push através do seu dispositivo móvel.

Na maioria dos casos, é suficiente instalar e executar um servidor PRTG em um servidor dedicado. Para redes em cluster particularmente grandes e altamente confiáveis, o PRTG Enterprise Monitor fornece uma solução automática de tratamento de failover: se o servidor primário não funcionar, outro nó assume todas as suas responsabilidades, imediatamente, incluindo o envio de notificações. O PRTG Enterprise Monitor monitora todos os aspectos dos aplicativos de rede com um conjunto completo de estruturas: serviços em nuvem, perda de pacotes, tráfego de rede, página da Web, ambiente, status de ping e assim por diante.

Como os problemas tendem a estar no banco de dados, é uma boa ideia monitorá-lo. O PRTG Enterprise Monitor pode monitorar muitos bancos de dados, incluindo ICMP, SQL, MySQL, SNMP, WMI, PostgreSQL e REST, etc, o número de solicitações em lote e conexões. Também tem a capacidade de analisar o desempenho de execução do banco de dados, como o tempo real de execução das consultas.

Além disso, o PRTG Enterprise Monitor possui funcionalidade de monitoramento integrada para aplicativos como Dropbox e outros, e também a capacidade de executar scripts/arquivos .exe e monitorar serviços do Windows. Para a condição de integridade dos dispositivos nas instalações da rede, o PRTG Enterprise Monitor pode monitorar o status de integridade de vários dispositivos, incluindo discos rígidos, impressoras, servidores, etc.

Broadcom DX NetOps

A ferramenta da Broadcom também oferece funções de monitoramento. No entanto, o mais marcante é o conceito “AIOps” proposto. AIOps  é uma abreviação de  “Inteligência Artificial  para  Operações de TI”. A Broadcom afirma que o AIOps é um conjunto de tecnologias que usam algoritmos de aprendizado de máquina e outras heurísticas avançadas para aprimorar os recursos das ferramentas de gerenciamento de operações de TI. No caso das ferramentas de gerenciamento de desempenho de rede, os recursos de AIOps podem extrair mais insights, tornando-a mais inteligentese fácil de usar, com detecção de anomalias, explicações em linguagem natural de eventos e sugestões para correção guiada.

Embora o conceito pareça ótimo, não é fácil colocá-lo em prática e obter bons resultados. A tecnologia de IA baseada em aprendizado de máquina geralmente precisa iterar e ajustar parâmetros com base em grandes quantidades de dados. Esse processo pode exigir uma cooperação profunda com os fabricantes. De um modo geral, grandes empresas com grandes instalações de rede e processamento diário de grandes quantidades de informações de alarmes de monitores podem querer investir nesse tipo de tecnologia.

Apresentação e design de interface

O PRTG Enterprise Monitor fornece uma interface de usuário bem projetada e fácil de usar com uma variedade de diagramas e símbolos distintos. A partir disso, você pode facilmente adicionar e gerenciar dispositivos e controlar como eles aparecem no mapa. Além disso, seus dispositivos também podem ser exibidoss em um mapa geográfico, para melhor visualizar regiões e conexões. Você também pode gerar um mapa de topologia da rede, que é uma representação visual das conexões entre sistemas/computadores, omitindo detalhes sem importância e destacando estruturas-chave. Ajuda muito entender as conexões físicas entre vários sistemas/computadores em uma rede.

(Painel do PRTG Enterprise Monitor)
(Painel do PRTG Enterprise Monitor)

Já o Broadcom DX NetOps fornece uma interface gráfica de usuário baseada na Web que pode implementar as funções correspondentes. Em contraste, a riqueza de informações e diagramas exibidos é menor.

(Painel do Broadcom DX NetOps)
(Painel do Broadcom DX NetOps)

Estruturas de custos e atendimento ao cliente

Seja uma equipe iniciante, uma pequena empresa ou uma grande empresa, você pode encontrar uma opção adequada entre os preços escalonados do PRTG Enterprise Monitor. A arquitetura do PRTG Enterprise Monitor é composta por um servidor PRTG e sensores. Um sensor no PRTG é definido como um aspecto que você pode monitorar em um dispositivo, como a carga da CPU em uma máquina, uma porta de um switch, uma URL específica ou o tráfego de uma conexão de rede. O servidor PRTG está no centro da arquitetura, onde os dados de monitoramento dos detectores são recebidos e processados, os relatórios e as notificações são gerados, a interface Web é dissponibilizada para que os usuários possam visualizá-la em seu navegador e muito mais. O preço do PRTG Enterprise Monitor é baseado principalmente no número de sensores, o que o torna fácil de entender, para que os usuários não precisem se preocupar com o desempenho do servidor. O PRTG também oferece aos clientes uma série de tutoriais detalhados, manuais e uma linha direta paraa suporte telefônico. Além disso, o PRTG está desenvolvendo parceiros em todo o mundo. Você pode encontrar o parceiro mais próximo e obter ajuda através dele.

O Broadcom DX NetOps não fornece uma lista de preços pública. É preciso entrar em contato com seu departamento de pré-vendas, ou o de parceiros, para obter informações específicas. Como uma das muitas linhas de produtos da Broadcom, os documentos relacionados ao DX NetOps são relativamente difíceis de encontrar no site oficial da empresa.

Concluindo

O PRTG Enterprise Monitor é uma escolha sólida para a maioria das empresas e equipes. Oferece uma solução completa pelo preço certo, incluindo recursos e serviços abrangentes. O conceito de IA do Broadcom DX NetOps parece atraente, no entanto, sua instalação e implantação exigem um alto grau de profissionalismo e a cooperação profunda com fornecedores, para desenvolver o mais adequado para empresas com redes ultragrandes e muitos requisitos de monitoramento.

FacebookTwitterLinkedIn