Padronização da gestão de dispositivos de IoT está ganhando força

https://network-king.net/wp-content/uploads/2022/04/shutterstock_751830958-769x414.jpg

Implantações de soluções de Internet das Coisas (IoT) estão crescendo dia a dia e tornando o gerenciamento de dispositivos conectados mais desafiador devido a questões relacionadas à segurança, complexidade e escalabilidade. Para acompanhar esse ritmo de crescimento, os serviços de gerenciamento de dispositivos IoT também estão evoluindo e devem compor um mercado que vai atingirão US$ 36,8 bilhões em receita até 2026, segundo a empresa de inteligência tecnológica ABI Research.

Essa categoria de soluções de gerenciamento ajuda a manter dispositivos IoT on-line, conectados, atualizados e seguros, configurando-os corretamente, realizando diagnósticos rotineiramente e fazendo manutenção, quando necessário. Também é possível monitorá-los de modo contínuo e fazer autenticação para garantir acesso a eles apenas a quem de direito.

O que está ganhando força nesse mercado de serviços de gerenciamento de dispositivos é a padronização. Um bom exemplo dessa tendência é o crescimento da adoção do protocolo LwM2M (Lightweight M2M), para administração de dispositivos máquina a máquina ou IoT, adotado inicialmente pelas empresas de telecomunicações, mas agora também contando com o apoio de fornecedores de módulos, chipset e gateways. Com essa padronização, a comoditização dos serviços de gerenciamento de dispositivos deve se fortalecer. Segundo Abdullah Haider, analista de pesquisa de serviços e rede de IoT da ABI Research, padrões ajudam a evitar que os clientes fiquem presos a plataformas proprietárias.

Parcerias e colaborações com fornecedores de soluções de gerenciamento de dispositivos também se intensificar, de acordo com a ABI Research. Eles podem se associar a integradores de sistemas para oferecer uma solução completa e, da mesma forma, com outros membros da cadeia de valor. “Parcerias estratégicas podem tornar mais ágeis os canais de vendas e de suporte. A cooperação com outro fornecedor de serviços de gerenciamento de dispositivos também pode ser benéfica, por exemplo, para um hiperescalador na nuvem que vende sistemas de análise avançada ou para uma operadora de redes móveis que vende aplicativos ou serviços de conectividade como plataformas de gerenciamento de dispositivos IoT que se integram a outros sistemas”, explica Haider.

É importante notar, porém, que mesmo com a comoditização, as empresas ainda estão interessadas em diferenciar seus serviços de gerenciamento de dispositivos. Muitas vezes, isso envolve prestar serviços de segurança como atestado para dispositivos e autenticação mútua, enquanto outros players ofereçam configuração remota de hardware para rastreamento de ativos, telemática e monitoramento baseado em condições. “De modo geral, pode-se dizer que mais e mais fornecedores estão oferecendo serviços de gerenciamento de dispositivos para diferenciar seu conjunto de soluções de IoT e assim gerar mais receita”, conclui Haider.

Um outro estudo, esse da Global Market Insights, estima que o setor de soluções de gerenciamento de dispositivos IoT para a área de saúde deve registrar crescimento de até 25% até 2028 devido à crescente digitalização do segmento. Soluções de gerenciamento de dispositivos IoT podem oferecer diversos benefícios ao setor de saúde, como monitoramento remoto de pacientes, alertas automáticos, assistência médica, entre outros recursos que necessitam ser administrados com eficiência.

O mercado europeu de gerenciamento de dispositivos IoT também deve apresentar um crescimento exponencial devido à crescente adoção de tecnologias avançadas e à demanda por redes 5G. Fornecedores da região estão se concentrando no desenvolvimento de soluções avançadas e integradas. Um exemplo vem da Vodafone, que lançou em agosto de 2021 uma plataforma de gerenciamento exclusiva para operadoras de serviços de água, conectando dispositivos e sensores IoT e reunindo recursos avançados para monitorar as operações, detectar vazamentos e reduzir desperdícios.

A pesquisa da Global Market Insights também ressalta a importância de parcerias estratégicas para desenvolver soluções avançadas e inovadoras de gerenciamento de dispositivos IoT, citando o caso da Friendly Technologies, que se associou à Kenton no Reino Unido. Com essa cooperação, a Friendly Technologies passa a administrar a propriedade CPE (Customer Premises Equipment) da Kenton usando sua principal plataforma de gerenciamento de dispositivos.

Outros pontos do mercado gerenciamento de dispositivos IoT ressaltados pela pesquisa da Global Market são:

  • Avanços em tecnologias como IoT, computação em nuvem, análise de dados e 5G devem impulsionar o crescimento desse mercado.
  • A onda BYOD em todo o mundo também apresenta oportunidades de crescimento significativas.
  • Os principais players nesse mercado são Advantech, Aeris Communications, Amazon Web Services, Amplia Soluciones, AVSystem, Bosch.io GmbH, Cumulocity GmbH, Huawei Technologies, GE Digital e Google.
  • As empresas que atuam nesse mercado estão estabelecendo parcerias para desenvolver soluções integradas e inovadoras.
FacebookTwitterLinkedIn