Mercado de Machine Condition Monitoring Service acelera

https://network-king.net/wp-content/uploads/2022/03/shutterstock_1583744026-769x414.jpg

O mercado da Machine Condition Monitoring Service, que em 2021 movimentou US$ 2.084 milhões, deve atingir US$ 2.789,2 milhões até 2028, de acordo com projeções da MarketWatch.  Um outro estudo, do Future Market Insights, fala em US$ 6,79 bilhões até o final de 2031.

O monitoramento da condição da máquina refere-se ao processo de monitoramento e medição da temperatura, umidade e pressão em equipamentos mecânicos. É comumente usado em bombas, motores rotativos e elétricos, motores de combustão interna (ICEs) e prensas. Isso envolve monitoramento de vibração, monitoramento de corrosão, termografia, análise de óleo, emissão de ultrassom e análise de corrente do motor.

Esses processos ajudam a prever o desgaste mecânico e a diagnosticar o local de ruído, vibração e geração de calor indesejados que podem danificar os componentes da máquina. Além disso, possibilitam a programação adequada dos programas de manutenção, minimizando a gravidade das paradas de máquinas e garantindo a segurança dos equipamentos.

A crescente digitalização, juntamente com um crescimento significativo nas indústrias de petróleo e gás, automotiva, defesa, aeroespacial, manufatura, alimentos e bebidas e indústrias marítimas, é um dos principais fatores que criam uma perspectiva positiva para o mercado. Além disso, vários avanços tecnológicos, como a utilização de plataformas seguras de computação em nuvem, tecnologias sem fio e a integração com a Internet das Coisas (IoT), estão atuando como outros grandes fatores indutores de crescimento. 

De acordo com a Future Market Insights, o segmento de diagnóstico de máquinas portáteis está moldando a receita do mercado de serviços de monitoramento de condições, pois o equipamento portátil é usado para analisar dados dos sensores, economizando tempo de operação.

Além disso, no cenário atual, a integração do software de monitoramento de condições com serviços de gerenciamento de manutenção computadorizado e software de controle de processos é apontada como uma tendência emergente. 

Para minimizar o tempo de inatividade dos ativos, é necessário monitorar os ativos de forma contínua ou em intervalos regulares, principalmente em instalações como geração de energia e plantas petroquímicas. Dada a importância de resultados altamente precisos em tais instalações, os fabricantes estão se esforçando para desenvolver ainda mais softwares de monitoramento de condições que possam ser integrados aos serviços para registrar os dados.

Espera-se que a demanda por serviços de monitoramento de condições ganhe força no sul da Ásia nos próximos anos, devido ao aumento dos investimentos em geração de energia e indústrias petroquímicas. Os governos de países como a Índia e a Indonésia estão incentivando os participantes do setor privado a minimizar o déficit de energia para atender aos requisitos máximos de energia. Isso, por sua vez, está sustentando o mercado de serviços de monitoramento de condições na região. 

No entanto, a América do Norte é um mercado proeminente para serviços de monitoramento de condições e deverá manter sua hegemonia, devido ao seu forte crescimento industrial e alta adoção dos serviços na região.

Vale lembrar que o foco principal da automação industrial está centrado nas capacidades da tecnologia avançada, juntamente com  preocupações com a segurança cibernética e o meio ambiente. E que entre as tendências de automação para 2022, o uso avançado de IIoT (Internet das Coisas Industrial) para monitoramento de condições tem sido unanimidade.

A IIoT permite várias estratégias de engenharia aprimoradas, como análise de causa raiz, manutenção preditiva (PM), análise de big data e monitoramento de condições (CM). Os especialistas do setor estão registrando uma mudança definitiva nos fabricantes de máquinas em direção ao CM, à medida que começam a entender como ele funciona e quais os principais benefícios que ele pode oferecer.

O uso uma ampla variedade de sensores IIoT para CM cobre as condições particulares de uma máquina e auxilia na identificação  imediata de quaisquer alterações operacionais que possam indicar o desenvolvimento de uma falha, transmitindo alertas do sistema e/ou disparando ações corretivas. É muito útil em coisas como motores, prensas, bombas e compressores, e a gama de parâmetros que podem ser monitorados está em constante expansão. A análise de dados de CM em tempo real também pode se estender a uma análise de desempenho mais ampla, como uso da máquina, ciclos e horas de funcionamento.

Tecnologias IIoT mais avançadas significam a produção de muito mais dados, coletados constantemente e em tempo real. Isso continuará como uma das principais tendências de automação de 2022, à medida que as empresas aprendem a explorar todo o seu potencial. O big data reflete cada entrada e ação do processo de produção automatizado, que pode ser estudado ou armazenado para análise posterior. Os analistas de dados podem encontrar falhas em um processo, brechas no procedimento e avaliar o ciclo de vida total de seus equipamentos.

O big data permite que as empresas vejam exatamente o que está acontecendo em sua empresa minuto a minuto. Eles podem então produzir melhores modelos de planejamento e previsão, o que, por sua vez, melhorará a produtividade e os lucros. Em alguns casos, empresas maiores podem agregar os dados de várias instalações de produção para obter uma imagem mais abrangente de suas operações em dashboards SCADA, desenhados para monitorar, visualizar, controlar e regular a produção industrial e a TI. Esses processos também podem ser aprimorados ainda mais por inteligência artificial (IA) e aprendizado de máquina (ML).

A digitalização da manufatura é um fator crítico no quadro atual de competição global. As fábricas e máquinas tradicionalmente isoladas precisam de acesso à Internet para logística, manutenção preditiva e a produção individualizada (on-demand) do cliente. Tudo isso requer uma comunicação ampliada que só é possível por meio da TI clássica. A convergência de TI/OT é a consequência desse novo contexto.

FacebookTwitterLinkedIn