As melhores ferramentas de monitoramento de Virtual Machines

https://network-king.net/wp-content/uploads/2022/03/shutterstock_1799063125-769x414.jpg

No mundo de hoje, os servidores virtuais desempenham um papel importante na infraestrutura de TI. As máquinas virtuais permitem alocação dinâmica de recursos, maior disponibilidade e, por último, mas não menos importante, economia de custos. Empresas maiores, em particular, dependem muito de máquinas virtuais confiáveis, razão pela qual o monitoramento de máquinas virtuais é essencial.

O chamado VM Monitoring permite monitorar as máquinas virtuais, os hipervisores e os servidores físicos nos quais eles estão sendo executados. Isso garante que você esteja sempre ciente da disponibilidade e do desempenho e possa reagir rapidamente em caso de erros ou falhas.

Comparamos as melhores ferramentas de monitoramento de Virtual Machines e oferecemos nossas recomendações.

Paessler PRTG Network Monitor

Fonte: Paessler

Uma grande vantagem do Paessler PRTG é a interface simples e direta, bem como a operação intuitiva. Uma ótima adição ao software PRTG são as ferramentas gratuitas para dispositivos móveis. O que também gostamos muito no PRTG é a abordagem tudo-em-um. Todos os recursos estão incluídos em todas as licenças, portanto, você não precisa de complementos pagos se quiser monitorar o tráfego ou dispositivos como roteadores, switches ou impressoras, além do monitoramento de máquinas virtuais.

Os custos de licenciamento do PRTG Network Monitor dependem do número de sensores que você precisa (equivalentes ao número de pontos de medição) e começam com um preço muito justo de US$ 1799 para 500 sensores. Para redes muito grandes e distribuídas, a Paessler oferece sua própria solução, o PRTG Enterprise Monitor.

O que você deve considerar com o Paessler PRTG Network Monitor: Um servidor Windows é necessário para instalação, uma versão Unix (ainda) não está disponível.

Para redes somente Unix ou se você deseja flexibilidade máxima, recomendamos a versão SaaS do PRTG Hosted Monitor.

LogicMonitor

Fonte: LogicMonitor

O LogicMonitor é uma ferramenta de monitoramento de rede que fica de olho em todo o seu ambiente de rede. Com 2 mil integrações prontas para uso, muitos aspectos de sua rede podem ser adicionados ao monitoramento com apenas alguns cliques. Para máquinas virtuais, há suporte para fornecedores como VMware, HyperV e Citrix. Além das funções abrangentes, o LogicMonitor oferece a vantagem de uma interface amigável e setup e configuração simples.

O LogicMonitor está disponível exclusivamente como uma variante SaaS e, portanto, pode ser usado em qualquer plataforma. Há a necessidade de uma licença corporativa para toda a gama de funções e monitoramento de mais de 200 dispositivos. Os custos são cobrados de acordo com os dispositivos monitorados e chegam a cerca de US$ 20 por dispositivo, com cobrança mensal para o Enterprise. A flexibilidade desta licença tem suas vantagens, mas a longo prazo pode ser muito cara dependendo do tamanho da sua rede. Além disso, o LogicMonitor conta com uma conexão com a Internet continuamente disponível e de alto desempenho.

ManageEngine Applications Manager

Fonte: ManageEngine

O Applications Manager é uma ferramenta de monitoramento de desempenho de aplicativos da ManageEngine que permite monitorar o desempenho e a disponibilidade de seus aplicativos e serviços em sua rede. Monitora virtualizações de VMware, HyperV, Citrix ou Nutanix, de olho nos servidores físicos e nas máquinas virtuais e aplicativos executados neles. Quando certos limites são excedidos, um alarme é acionado automaticamente para notificar o administrador de qualquer mau funcionamento, via SMS ou e-mail.

Com vários widgets configuráveis, você pode montar seus próprios painéis e relatórios no ManageEngine Applications Manager. Ao contrário do Paessler PRTG e LogicMonitor, você não pode monitorar toda a sua rede ao adquirir uma licença do Applications Manager. Os recursos básicos de monitoramento de rede são fornecidos pelo ManageEngine OpManager. Para obter mais recursos você precisará de produtos adicionais, como o NetflowAnalyzer ou o ApplicationManager. Monitorar todos os aspectos de sua rede pode, portanto, tornar-se rapidamente muito caro.

Até mesmo a licença para o Gerenciador de Aplicativos é relativamente cara, começando em pouco menos de US$ 20 mil uma vez ou US$ 10 mil por ano.

SolarWinds Virtualization Manager

Fonte: SolarWinds

Se você deseja monitorar não apenas as próprias máquinas virtuais, mas também os servidores físicos, o produto SolarWinds Server & Application Monitor também é necessário.

Semelhante ao ManageEngine, você precisará de várias outras ferramentas, como o Network Performance Monitor ou o Server & Application Monitor para monitoramento abrangente de toda a sua rede. Dependendo de suas necessidades e do tamanho de sua rede, isso pode chegar rapidamente a muitos milhares de dólares.

Se você precisar apenas do Virtualization Manager, os custos de licenciamento começam em cerca de US$ 1,5 mil. A ferramenta Server & Application Monitor começa em cerca de US$ 1,4 mil.

Nagios

Fonte: Nagios

Se você preferir uma solução de código aberto para monitorar suas máquinas virtuais, o Nagios é a ferramenta de escolha. Baseado em Linux, pode ser adaptado às suas necessidades de forma extremamente detalhada através de plugins. No entanto, essa personalização e configuração da sua rede exigem muito tempo e conhecimento.

Com o Nagios, você pode monitorar as soluções de virtualização de todos os principais fabricantes e perceber rapidamente quando os sistemas ou serviços falham, ou não funcionam conforme o desejado.

A versão básica do Nagios Core é gratuita. Para assistentes de configuração e suporte técnico individual, você precisa da versão paga do Nagios XI, que custa cerca de US$ 2 mil.

FacebookTwitterLinkedIn