LoRaWAN agora é compatível com IPv6

https://network-king.net/wp-content/uploads/2022/05/shutterstock_1457590922-769x404.jpg

A LoRa Alliance, associação global de apoiadores do LoRaWAN, anunciou que seu padrão aberto para redes de área ampla e baixa potência (LPWANs) passou a ser perfeitamente compatível com IPv6. Com isso, amplia-se o mercado de soluções de Internet das Coisas (IoT) endereçável por LoRaWAN para incluir sistemas baseados em IP, comumente encontradas em ambientes empresariais e industriais. 

A nova camada IPv6 vai facilitar e acelerar o desenvolvimento de aplicações seguras e interoperáveis sobre o padrão LoRaWAN. Soluções baseadas em IP agora podem ser transmitidas sobre LoRaWAN e facilmente integradas a infraestruturas na nuvem. 

“Com o avanço da digitalização em todos os setores, a integração de várias tecnologias para oferecer soluções de ponta a ponta é fundamental. As empresas estão exigindo soluções que proporcionem mais interoperabilidade e cumpram padrões. Agora que LoRaWAN pode se integrar a qualquer aplicação IP, os usuários finais terão isso”, destaca Donna Moore, CEO e presidente da LoRa Alliance. 

IPv6 é a versão mais recente do protocolo IP que fornece um sistema de identificação e localização de dispositivos em rede e também controla o tráfego na Internet. Foi desenvolvido pela Internet Engineering Task Force (IETF) para abordar o problema do limite de endereços disponíveis na padrão IPv4. A compatibilidade com IPv6 abre novos mercados para o LoRaWAN, arquitetura de redes e protocolo de comunicação amplamente usados em aplicações IoT.

O desenvolvimento bem-sucedido do IPv6 sobre LoRaWAN é creditado à colaboração dos membros da LoRa Alliance na IETF em torno da especificação Static Context Header Compression (SCHC) e técnicas de fragmentação e assim tornar o transporte dos pacotes IP sobre LoRaWAN mais eficiente. A especificação SCHC (RFC 90111) foi integrada, então, ao corpo do padrão LoRaWAN. 

A primeira aplicação a usar a SCHC para IPv6 sobre LoRaWAN foi a DLMS/COSEM para medição inteligente. Foi desenvolvida como parte da cooperação entre LoRa Alliance e DLMS User Association para atender aos requisitos das concessionárias de energia elétrica relacionados ao uso de padrões baseados em IP. 

Para falar mais sobre IPv6 sobre LoRaWAN e como a especificação SCHC transforma dispositivos LoRaWAN em hosts IPv6 com eficiência energética, a LoRa Alliance promoverá um webinar em 14 de junho de 2022. Demonstrações ao vivo do IPv6 sobre LoRaWAN também serão realizadas durante o LoRaWAN World Expo, maior evento oficial de LoRaWAN, que acontecerá em Paris de 6 a 7 de julho. 

Para cima e avante

A LoRa Alliance também anunciou que o número de redes LoRaWAN públicas cresceu 66% nos últimos três anos. Historicamente, a implantação de redes LPWAN públicas era feita por operadoras de redes móveis (MNOs, no acrônimo em inglês), no entanto, grande parte do crescimento recente foi viabilizado em grande parte por outras organizações que estão construindo infraestruturas críticas dedicadas para atender às necessidades de soluções IoT baseadas em LPWAN em expansão. Investimentos recentes de provedores de redes LoRaWAN por satélite e comunitárias, juntamente com a disponibilidade de roaming em mais de 23 países, aceleraram ainda mais a presença das rede e sua cobertura global. 

Esse novo cenário para redes LoRaWAN mostra o crescimento da diversidade com instâncias públicas, comunitárias, por satélite e privadas, bem como abordagens de rede híbrida, o que pode ser visto com uma vantagem competitiva para LoRaWAN.

“Operadoras de redes LoRaWAN estão desenvolvendo novos tipos de infraestrutura para atender a futuras demandas de soluções IoT. Essa evolução nos tipos de redes e provedores já era esperada e é um sinal de um mercado saudável e vibrante. Esses novos players são ágeis e capazes de crescer além das restrições das infraestruturas de rede preexistentes. Estão criando com sucesso modelos de negócios lucrativos para maximizar o valor das redes LoRaWAN e atender às necessidades em evolução das implantações IoT baseadas em LPWAN”, destaca Donna Moore, CEO e presidente da LoRa Alliance.

De acordo com Steve Hoffenberg, diretor e analista da empresa de pesquisas de mercado VDC Research, a base instalada de dispositivos LPWAN deve superar 2 bilhões de unidades em 2025. “Com gateways de baixo custo, pronta adaptabilidade a redes públicas e privadas e a capacidade de satélites, o padrão LoRaWAN está posicionada de forma única para levar conectividade a uma enorme variedade de dispositivos e localidades, ajudando a impulsionar o crescimento do mercado de LPWANs”, afirma Hoffenberg.

FacebookTwitterLinkedIn