Cidade alemã investe em sensoriamento para controle de tráfego

https://network-king.net/wp-content/uploads/2022/03/IoTsmartcity-769x414.jpg

A cidade de Rüsselsheim am Main, na Alemanha, está usando uma solução de infraestrutura inteligente para controlar a passagem de caminhões pela rede viária e aliviar o congestionamento e a poluição atmosférica e sonora.

O projeto faz parte da iniciativa de digitalização dos sistemas de transporte municipal e usa 16 estações de monitoramento baseadas na tecnologia de sensores LIDAR (Light Detection and Ranging) da empresa Velodyne, instalados em vias muito movimentadas que dão acesso à cidade. A solução segue os Regulamentos Gerais de Proteção de Dados da União Europeia (GDPR) que protegem a privacidade dos dados, ao captura apenas informações não personalizadas dos veículos e ocupantes.

“Esse sistema de monitoramento de tráfego é pioneiro na Alemanha”, afirmam autoridades da cidade de Rüsselsheim am Main. O monitoramento digital permite fazer fiscalização de tráfego sem que seja necessários aplicar recursos humanos policiais.

Com localização central na região do Reno-Meno, a segunda maior região metropolitana da Alemanha, Rüsselsheim é conexão de muitas rotas rodoviárias, o que resulta em centenas de caminhões passando pela cidade todos os dias e tráfego intenso que acaba degradando a qualidade do ar da cidade. Para resolver esse problema, Rüsselsheim proibiu o tráfego de caminhões com peso superior a 7,5 toneladas pelas ruas da cidade, a menos que tenham um ponto de partida ou destino dentro do município.

“Rüsselsheim está adotando uma abordagem inovadora para proteger os moradores da cidade do congestionamento, ruído e gases causados ​​pelo tráfego de caminhões pesados”, afirma Laura Wrisley, vice-presidente sênior de vendas mundiais da Velodyne. “Acreditamos que soluções para cidades inteligentes podem contribuir com avanços revolucionários nos sistemas de transporte municipal e iniciativas de sustentabilidade urbana.”

A solução de infraestrutura inteligente da Velodyne combina sensores LIDAR e software de Inteligência Artificial (IA) da Bluecity para criar um mapa 3D de vias e cruzamentos em tempo real, fornecendo informações precisas sobre veículos, pedestres e ciclistas. A coleta dados é feita em qualquer condição de iluminação ou clima durante todo o ano. Para este projeto, a COM-IoT Technologies fornecerá um módulo especial de comparação de imagens para a Solução de Infraestrutura Inteligente.

A intenção de Rüsselsheim é também usar os recursos de monitoramento e análise de tráfego para prever, diagnosticar e enfrentar os desafios de segurança no trânsito, ajudando a tomar decisões embasadas para tomar medidas corretivas.

Outras aplicações

De modo geral, a gestão inteligente do tráfego em centros urbanos, capaz de contabilizar o número de carros e administrar permissões de circulação, é apenas uma das várias aplicações de sensores IoT.

Sistemas IoT também ser usados para tornar o funcionamento dos semáforos mais inteligente, por exemplo. Equipados com sensores que fazem coleta de dados em tempo real, podem ajudar a reduzir congestionamentos do tráfego ao monitorar cruzamentos de tráfego intenso e sugerir rotas alternativas. Se dispuser de recursos para avaliar condições climáticas, podem também ajustar o brilho e a intensidade das luzes para melhorar a visibilidade dos sinais luminosos e, ao mesmo tempo, poupar energia.

Outra aplicação da gestão inteligente do tráfego baseadas em soluções IoT tem a ver com a prevenção de acidentes rodoviários. Nesse caso, sistemas IoT podem contribuir ao fazer a comunicação imediata com serviços de emergência e autoridades de trânsito. Também podem emitir alertas a motoristas sobre condições das vias à frente, como ocorrência da colisões, obras e buracos.

Vagas de estacionamento é outra área em que soluções inteligentes de gestão de transporte urbano podem ser úteis. É vista como um dos problemas mais sérios pela enfrentado pelas equipes municipais de controle de tráfego, pois regiões em que faltam vagas sofrem com níveis altos de engarrafamento. Sensores IoT podem coletar dados sobre vagas desocupadas e apontá-las para os motoristas, evitando circulações desnecessárias em busca de lugar para estacionar os veículos.

A expectativa é de que o mercado global de sistemas inteligentes de gestão de trafego tenha um crescimento expressivo entre 2021 e 2031, com uma taxa anual composta de 6,7%, alcançando o valor de US$ 34 bilhões ao final do período.

FacebookTwitterLinkedIn